Top Employers Institute e Sanofi: um case de sucesso!
Cultura Organizacional

Top Employers Institute e Sanofi: um case de sucesso!

Top Employers
Escrito por Top Employers

Você quer entender quais são as principais potencialidades e dificuldades das práticas de RH do seu negócio, mas está precisando de uma inspiração? Então este artigo é para você!

Descubra como a parceria entre a empresa Sanofi e o Top Employers Institute melhorou a reputação da marca como empregadora e ainda gerou uma série de insights para que ela investisse ainda mais em processos de gestão de pessoas de excelência!

Conheça a Sanofi

A Sanofi é um dos maiores grupos farmacêuticos do mundo, presente em mais de 100 países. Ela foi a primeira multinacional farmacêutica a entrar no mercado brasileiro, em 1919, e só no Brasil emprega mais de 5 mil funcionários diretos.

Seu portfólio inclui mais de 450 produtos, entre vacinas, medicamentos de prescrição e genéricos. Além disso, é líder mundial em vacinas humanas e fatura mais de 35 milhões de euros anualmente.

Como funciona a Certificação Top Employers

O Top Employers Institute é um certificador mundial em práticas excelentes de gestão de pessoas

O Instituto aplica uma metodologia própria, que aposta em critérios concretos e objetivos para avaliar as melhores práticas do mercado. Dessa forma, ele reconhece o trabalho da equipe de gestão de pessoas de forma imparcial e com qualidade.

Para isso, o Top Employers Institute faz uma análise minuciosa e abrangente de todo o setor de RH da empresa. São 600 práticas avaliadas durante o processo dentro de 10 categorias. como planejamento de pessoal, integração, gestão de desempenho, entre outras.

Os dados são coletados por meio de questionários e passam por um processo de revisão e validação, além de uma auditoria externa. Com isso, o Top Employers Institute reconhece aquelas empresas que oferecem condições excelentes para que os profissionais se desenvolvam, tanto profissional quanto pessoalmente.

O certificado tem validade de um ano e você pode usar o selo Top Employers internamente e externamente. Além disso, no fim do processo as empresas recebem relatórios sobre o andamento do setor de RH que podem despertar uma série de insights para melhoria dos processos internos.  

Foi exatamente isso que aconteceu com a Sanofi. Continue a leitura e descubra!

Por que a empresa Sanofi buscou a certificação

Em 2017, quando a Sanofi entrou em contato com o Top Employers Institute para se certificar, ela já tinha reconhecimento no mercado como uma das melhores empresas para se trabalhar. Porém, como toda grande organização, a Sanofi não parou por aí e foi em busca de uma certificação que agregasse mais valor ainda à empresa.

Por perceber o diferencial da metodologia de certificação do Top Employers Institute, a Sanofi decidiu buscar a certificação. Além disso, a riqueza do relatório final enviado e a possibilidade de comparar seus processos de RH com os das outras grandes empresas do mundo também motivaram a Sanofi a entrar em contato com o Top Employers.

O diferencial para a empresa foi a robustez do processo, que tem uma auditoria externa feita por uma terceira parte, imparcial. Isso traz mais confiabilidade e riqueza para os insights gerados pelo relatório final.

A conquista: o que levou a Sanofi a receber o certificado

A Sanofi é uma empresa que já foi certificada 2 vezes pelo Top Employers Institute — em 2017 e 2018 — e já se prepara para a certificação de 2019. Segundo Pedro Pittella, diretor de recursos humanos da Sanofi no Brasil, os principais pontos que se destacaram durante o processo de certificação foram o processo de revisão de talentos, de desenvolvimento e gerenciamento de carreiras.

Um exemplo de processo excelente nesse aspecto é a reunião trimestral de avaliação dos talentos que a empresa realiza. Durante essa reunião, todos os líderes se unem para analisar todos os talentos da companhia, revisando o planejamento de carreira de cada um e aprofundando em assuntos complexos que podem levar ao aumento de engajamento e motivação dos colaboradores.

A avaliação de desempenho também se destaca entre os processos de gestão de pessoas da Sanofi. Ela é calibrada em prol dos diferentes níveis, sendo muito transparente durante todo o processo.

Todas essas — e mais — foram características da Sanofi que se destacaram durante o processo de certificação, levando a empresa a obter o Certificado Top Employers.

Como foi o processo com o Top Employers Institute

O processo de certificação na empresa Sanofi foi muito tranquilo, não gerando nenhum tipo de sobrecarga para os colaboradores. Na verdade, o processo serviu inclusive para complementar a gestão de conhecimento da empresa, auxiliando na documentação de processos.

Além disso, foi um processo que gerou grande reflexão e aprendizado para a equipe como um todo. Isso porque, ao descrever o processo, os colaboradores acabavam refletindo criticamente sobre ele, identificando pontos de melhoria e gargalos.

Foi o que aconteceu com o processo de aquisição de talentos da empresa e de cultura: “Na Sanofi, ao descrevermos nosso processo de aquisição de talentos e de cultura, acabamos vendo alguns gaps. Já a certificação é outorgada e recebemos um relatório, conseguimos comparar a empresa com as outras semelhantes no mercado global, por meio de um instrumento quantitativo. Isso é muito rico para a empresa”, explicou Pedro Pittella, diretor de recursos humanos da empresa no Brasil.

O recebimento do certificado foi um momento de grande alegria para a empresa. A Sanofi organizou uma festa de premiação, que teve grande adesão dos colaboradores. Durante o evento, eram nítidas a alegria e a felicidade da equipe devido à importância da certificação.

Os impactos da certificação Top Employers na empresa

Os impactos da certificação nas práticas de RH da empresa foram muitos! A começar pela mudanças que o certificado trouxe em relação aos processos relacionados à cultura da empresa.

Pedro Pittella afirma que, durante o processo de certificação, a empresa já tinha consciência de que precisava melhorar esse aspecto dentro da organização, o que foi ressaltado no relatório final. Isso serviu para gerar insights sobre as mudanças que deveriam ser feitas e levar a empresa a dedicar ainda mais energia para melhorar os processos relacionados à cultura na organização.

Para isso, foram instituídos três comitês de desenvolvimento organizacional, cada um focado em um dos aspectos da cultura que a Sanofi quer mudar. Eles trabalham em projetos específicos, como o novo dress code da organização e o “Um dia no campo”, cuja proposta é ter um dia de vendedor e um dia de operador na fábrica.

Além disso, a certificação também demonstrou outros pontos de melhoria, como a implementação de um benefício flexível, para o qual a Sanofi já buscou até consultoria especializada.

O certificado também potencializou as estratégias de EVP do negócio e deu credibilidade à Sanofi como marca empregadora. Pedro Pittella incorporou o selo da certificação na própria assinatura do e-mail, propagando o reconhecimento que o negócio teve.

Fica nítido, portanto, que a certificação Top Employers tem um grande significado dentro da estratégia da empresa Sanofi, que está em preparação para a certificação de 2019, incluindo mais filiais da empresa no processo.

E você, vai ficar de fora da certificação? Entre em contato com o Top Employers Institute agora mesmo e descubra como certificar sua empresa!

Assine nossa Newsletter!

Gostou deste conteúdo? Aproveite os ícones abaixo e compartilhe na suas redes sociais

Sobre o autor

Top Employers

Top Employers

Deixar comentário.

Share This