Já ouviu falar sobre a entrevista de desligamento? Veja como fazer!
Gestão de Pessoas

Já ouviu falar sobre a entrevista de desligamento? Veja como fazer!

Top Employers
Escrito por Top Employers

Você está acostumado a realizar entrevistas com os candidatos a um processo seletivo da sua empresa, não é mesmo? Porém, já pensou em entrevistar quem está deixando a organização? Se não, está na hora de considerar essa opção. É exatamente nisso que consiste uma entrevista de desligamento.

Essa entrevista, geralmente semiestruturada, é realizada no momento em que o colaborador se desliga de uma empresa. Dessa forma, pode fornecer insumos importantes sobre os motivos do desligamento, além dos pontos positivos e negativos do ambiente de trabalho e clima organizacional, direcionando ações da equipe de gestão de pessoas. 

Quer saber como fazer uma entrevista de desligamento? Então continue a leitura e descubra algumas dicas! 

Entenda quais são os seus objetivos 

O primeiro elemento central para uma entrevista de desligamento bem feita é entender muito bem quais são os elementos que quer abranger com esse processo. Isso porque você pode retirar uma série de dados desse tipo de entrevista. Porém, é preciso ter consciência dos objetivos do processo para garantir a qualidade do roteiro e, até mesmo, da condução da entrevista. 

Alguns dos elementos possíveis de serem identificados por meio de uma entrevista de desligamento são: 

Estilos de liderança 

Você pode questionar o seu ex-colaborador sobre os estilos de liderança dos gestores da empresa. Dessa forma, é possível identificar capacitações necessárias para os líderes do negócio. 

Práticas de RH

Durante uma entrevista de desligamento também é possível identificar as melhores práticas em gestão de pessoas. Assim, pode-se descobrir aquelas estratégias que geram efeitos positivos e quais precisam ser reformuladas. 

Problemas e gargalos de comunicação

Há ainda a oportunidade de identificar os principais problemas e gargalos de comunicação na empresa. Isso permite observar quais as estratégias de comunicação interna que podem ser reformuladas para melhorar o fluxo de informação dentro do negócio. 

Clima e ambiente organizacional 

O clima e o ambiente organizacional da sua empresa apresentam grande influência na produtividade, satisfação e índices de turnover da empresa. Portanto, esse é um outro elemento que deve ser investigado durante a entrevista de desligamento da empresa, entendendo quais são as variáveis que mais influenciam nesse quesito. 

Sugestões de melhoria 

Por fim, você pode utilizar a entrevista de desligamento para pedir sugestões de melhorias para o ex-colaborador. Isso porque, por não fazer mais parte da empresa, existe uma tendência de que esse profissional seja mais sincero na hora de emitir opiniões sobre ela. Dessa forma, podem surgir ideias que não seriam acessadas de outra forma. 

Capacite os colaboradores 

A entrevista de desligamento é um instrumento que gera uma série de insumos importantes para a empresa. Porém, para o colaborador, ela pode despertar reações emocionais dos mais diversos tipos. 

Caso o colaborador tenha sido desligado contra a própria vontade, é possível que ele nutra sentimentos negativos em relação à empresa, como raiva ou tristeza. Além disso, mesmo quando foi escolha do profissional, pode ser que ele ainda se sinta triste em relação a isso. 

Dessa forma, os membros do time de RH que realizam entrevistas de desligamento devem ser muito bem capacitados para lidar com as mais diversas situações. Pode haver choro, falta de vontade de falar, falas em tom de raiva, entre outros. 

Os profissionais devem ser capazes de ter empatia e conduzir a entrevista da melhor forma possível. Além disso, precisam saber identificar quando é o momento de interromper o processo. 

Crie um roteiro 

Antes de convidar o profissional para uma entrevista de desligamento, é essencial contar com um roteiro de qualidade. É ele que irá nortear a equipe sobre a melhor forma de conduzir a entrevista e quais são as perguntas que devem ser feitas. 

Comece definindo se a sua entrevista será estruturada, semiestruturada ou livre. Isso porque o roteiro é diferente em cada um desses casos e a melhor decisão depende das necessidades e demandas específicas da sua empresa. 

Após esse momento, crie um roteiro baseado nos objetivos pré-estabelecidos para a entrevista de desligamento. Lembre-se de que todas as perguntas e temas abordados precisam estar relacionados aos objetivos, sendo que nenhuma delas deve vir de fofocas ou curiosidade por parte da equipe. 

Escolha um local e momento apropriado 

Imagine uma entrevista de desligamento feita no meio de todos os colegas de trabalho do profissional desligado, logo depois de ele receber a notícia sobre o desligamento. Não parece nada adequado e, muito menos, ético, não é mesmo? 

Portanto, escolha com cuidado o local e o momento no qual a entrevista de desligamento vai ser aplicada. É preciso um ambiente privado e tranquilo para a realização do processo. Ele deve ser livre de interferências e garantir a privacidade que o profissional precisa para emitir a opinião sobre a empresa. 

Além disso, não é indicado realizar a entrevista de desligamento logo após a notícia. Você pode, por exemplo, convidar o profissional a comparecer na empresa após alguns dias, de forma a permitir que ele absorva a notícia e lide com ela antes da entrevista. 

Porém, também não é indicado realizar a entrevista muito tempo depois do desligamento, uma vez que uma série de informações são perdidas. Além disso, você ainda corre o risco de não conseguir contatar o ex-colaborador. Portanto, escolha o timing perfeito, que funcione para a sua empresa. 

Analise os dados posteriormente 

A entrevista de desligamento não acaba quando o profissional vai embora. É essencial que você cuide dos dados coletados. Caso contrário, o processo não surte efeito na empresa como um todo. 

Portanto, analise todas as informações coletadas com o ex-colaborador. A partir delas, busque identificar mudanças e melhorias que podem ser realizadas de forma a melhorar o ambiente organizacional, os processos de RH, entre outros elementos. 

Portanto, a entrevista de desligamento é um processo que traz uma série de benefício para a organização. Porém, para que isso aconteça, é essencial seguir alguns passos e tomar cuidados específicos para esse tipo de processo. Com essas dicas, você está pronto para começar a implementar a entrevista de desligamento em sua empresa e aproveitar todas as vantagens que ela tem a oferecer! 

Ficou com alguma dúvida? Então deixe um comentário abaixo! Estamos ansiosos para saber como este artigo ajudou o seu negócio. 

Sobre o autor

Top Employers

Top Employers

Deixar comentário.

Share This