Entenda como a gestão de benefícios auxilia na produtividade da sua companhia
Recursos Humanos

Entenda como a gestão de benefícios auxilia na produtividade da sua companhia

Top Employers
Escrito por Top Employers

No mundo corporativo, encontrar o talento ideal é uma tarefa muito complexa. A competitividade é muito intensa e, mais do que isso, reter o talento diante de tanta concorrência também exige foco e determinação. Nesse contexto, a gestão de benefícios é uma estratégia muito eficaz.

Vivemos em um momento de incerteza econômica e isso faz com que os talentos procurem segurança e crescimento no ambiente organizacional (bom salário, recompensas, oportunidades). Assim, a gestão de benefícios é um combustível para que ele cresça e prospere.

Ela é uma maneira estratégica de recompensa no gerenciamento de talentos. Veja neste artigo como ela pode ser uma grande aliada na produtividade da sua companhia.

Os benefícios afetam a produtividade

Criar um clima aconchegante e agradável de trabalho é uma boa estratégia para o crescimento de um negócio. Algumas vantagens são:

  • diminuição de faltas e turnover;
  • aumento da integração;
  • retenção de talentos;
  • satisfação e bem-estar;
  • criação de um ambiente organizacional propício à lucratividade.

Uma tendência revelada pela pesquisa do Top Employers Institute é que 76% das empresas certificadas no mundo estão preocupadas com o bem-estar psicofísico, estresse e carga de trabalho de seus funcionários. E 79% destas organizações implementam programas como:

  • associações em academias;
  • aulas de yoga;
  • massagens;
  • aconselhamento nutricional;
  • sessões de aconselhamento;
  • cursos de gerenciamento do tempo.

Além disso, 66% das companhias oferecem serviços adicionais, como o compartilhamento de bicicletas para estimular a sustentabilidade. Já 59% das empresas favorecem licenças para atividades de voluntariado e 56% oferecem possibilidades de tirar um ano para fins de estudo, atualização profissional, cuidados parentais e, até mesmo, descanso.

A gestão de benefícios proporciona a valorização

Quando o funcionário se sente valorizado dentro de seu ambiente de trabalho, ele trabalha mais feliz, compreende seu papel e sabe da importância de manter o foco para ter um dia produtivo. 

Nesse aspecto, sabemos que o salário é um fator extremamente importante. Mas, atualmente os funcionários não estão mais o utilizando como único critério para permanecer na empresa. É necessário:

  • conseguir equilibrar o trabalho com a vida pessoal;
  • flexibilidade de horários;
  • recursos para desenvolver o pessoal e profissional;
  • programas de incentivos;
  • qualificação de suas habilidades.

Então, você quer saber como fazer uma gestão mais eficiente? Veja abaixo!

Adote uma política clara de benefícios

Segundo o estudo, realizado em 2017, ao adotar uma política de remuneração, cerca de 80 % das organizações Top Employer consideram importante observar a remuneração local. Portanto, faça uma pesquisa de mercado para compreender em quais aspectos é possível se destacar.

Mas não adianta comparar o negócio com outros que não sejam do mesmo ramo. Ao estruturar o benchmarking, é necessário utilizar as seguintes referências:

  • amostra geral do mercado (23%);
  • amostra específica (48%);
  • outros (29%).

Depois disso, crie uma política clara de benefícios, ou seja, um plano estratégico para entender às expectativas e necessidades dos funcionários. Na sequência, alinhe-o aos benefícios oferecidos pela empresa.

Outra situação que ocorre com frequência é quando a companhia já tem um plano de benefícios, mas precisa atualiza-lo. Faça uma pesquisa de satisfação para compreender em quais aspectos o atual plano pode ser reestruturado, beneficiando todas as partes.

Crie um bom plano de benefícios

Ainda de acordo com a pesquisa realizada pelo Top Employers, as iniciativas de reconhecimento devem ser:

  • prêmios de desempenho (81%);
  • apresentação de sucessos (77%);
  • valores (68%);
  • reconhecimento do tempo de serviço (87%);
  • prêmios de inovação (90%);
  • outros (39%).

Outra ideia inovadora é que muitas empresas estão deixando os funcionários escolherem o seu pacote de benefícios. Esse plano flexível permite que ele personalize quais são as suas melhores recompensas. 

Essa abordagem individualista baseada em suas escolhas e preferências faz com que ele sinta controle sobre suas recompensas. E o retorno para a organização a longo prazo é satisfatório, pois há aumento da produtividade, engajamento e também retenção.

A gestão de benefícios é uma estratégia para manter os funcionários motivados e produtivos. Assim, a empresa que investe em programas de incentivo melhora a performance dos colaboradores.

Nesta matéria, você conferiu como gerir os planos de benefícios de forma mais eficaz dentro da sua organização. Agora, aproveite para seguir a gente nas redes sociais (FacebookLinkedIn e Instagram) e acompanhe nossas dicas para elevar a excelência do seu RH!

Assine nossa Newsletter!

Gostou deste conteúdo? Aproveite os ícones abaixo e compartilhe na suas redes sociais

Sobre o autor

Top Employers

Top Employers

Deixar comentário.

Share This