Como estabelecer um RH global?
Recursos Humanos

Como estabelecer um RH global?

Top Employers
Escrito por Top Employers

Estabelecer um RH global, com políticas comuns a todos os países em que a empresa atua, é fundamental para fortalecer a gestão de pessoas de forma eficiente e homogênea.

Essa prática tem influência direta no sucesso do negócio, já que o setor de Recursos Humanos é responsável por reunir informações sobre o desenvolvimento de cada profissional que atua na organização.

Devido à magnitude disso, são muitas as dúvidas que surgem na hora de planejar uma estratégia internacional de Recursos Humanos. Pensando nisso, detalharemos neste post algumas das melhores práticas que devem ser adotadas na implementação do RH global. Interessado? Confira a seguir!

Integrar o RH ao planejamento estratégico

O capital humano é o maior patrimônio de uma organização. Afinal, as pessoas que trabalham na empresa são as grandes responsáveis por seus resultados. Por isso, o RH vem se tornando cada vez mais estratégico no mundo corporativo, já que é o responsável pela contratação, desenvolvimento e retenção desses talentos.

Desse modo, é necessário que o departamento atue como um parceiro de negócios das lideranças, auxiliando na definição de diretrizes e na tomada de decisões importantes. Em um projeto global esse fator é ainda mais importante, já que as práticas de RH precisam estar alinhadas a um planejamento traçado para todas as unidades da organização.

Implementar um bom software de gestão

O sistema de gestão de RH usado pela empresa deve oferecer respostas rápidas e reduzir o esforço das equipes em suas tarefas diárias. A concentração de informações importantes em uma única plataforma favorece o RH global, já que dados sobre colaboradores do mundo todo ficam disponíveis para consulta e definição de estratégias.

Outro aspecto importante é oferecer uma boa experiência na utilização do software. A plataforma deve ser intuitiva e de fácil acesso, estimulando seu uso por todos os envolvidos. Dessa forma, será muito mais simples organizar atividades como análise de desempenho, gestão de competências e planos de carreira em escala internacional.

Contar com profissionais capacitados

No RH global, se preocupar com a qualidade dos profissionais envolvidos é mais importante do que nunca. Quando o departamento precisa atender a unidades distribuídas pelo mundo todo, as demandas são mais amplas e complexas do que em projetos locais.

Não é simples administrar diferentes culturas, legislações, burocracias e práticas internas. Integrar pessoas e processos diferentes é uma grande fonte de oportunidades, mas é preciso ter uma equipe preparada para isso.

Apenas profissionais devidamente capacitados poderão criar soluções robustas e inovadoras, que sejam relevantes para colaboradores do mundo todo.

Investir em Big Data

Big Data é a grande tendência de RH do momento. Investir na curadoria, análise e cruzamento de dados é essencial para o setor, principalmente quando se trata da integração de unidades globais. Com Big Data, o departamento consegue recolher uma infinidade de informações estratégicas, ganhando visão total das necessidades de cada colaborador, processo e operação nas unidades da empresa.

Para chegar a esses resultados, é necessário implementar um sistema global para a captura dessas informações, que seja transparente e otimize integrações. Dessa forma o detalhamento será rico e as possibilidades serão imensas.

Respeitar as particularidades de cada unidade

A política de RH global deve ser a mesma para todas as unidades, mas sempre respeitando as particularidades de cada local. O segredo de um trabalho bem-sucedido é compreender detalhadamente o funcionamento de cada território, por meio de projetos individualizados. A partir daí será possível unificar as diretrizes, com cruzamento de dados e integração de estratégias.

Também é essencial estar atento a outros detalhes. Gerenciar o tempo é importante para lidar com fusos e culturas diferentes. Aspectos burocráticos como passaportes, vistos e mudanças também não podem ser ignorados, já que são obstáculos operacionais práticos em relacionamentos internacionais.

Essas foram as nossas dicas sobre como estabelecer um RH global! Agora que você já sabe como integrar as unidades da sua empresa, é hora de colocar o que aprendeu em prática. Analise o cenário da sua organização, adote as medidas que fizerem mais sentido e mãos à obra! Temos certeza de que você perceberá os resultados rapidamente.

Gostou do post? Para conhecer mais tendências sobre gestão de pessoas, confira também as 5 maneiras de utilizar inteligência artificial no RH.

Assine nossa Newsletter!

Gostou deste conteúdo? Aproveite os ícones abaixo e compartilhe na suas redes sociais

Sobre o autor

Top Employers

Top Employers

Deixar comentário.

Share This