Certificação Top Employers: entenda como ela é concedida
Recursos Humanos

Certificação Top Employers: entenda como ela é concedida

Top Employers
Escrito por Top Employers

Se você já atua há algum tempo no RH, certamente, está preparado para os currículos com ótimos atributos, mas que demandam pesquisa com ex-empregadores e ex-colegas para sua comprovação. Entretanto, o que fazer quando é o profissional que exige maiores garantias da organização? Você já ouviu falar em certificação Top Employers?

A validação de competências por instituições externas se tornou uma verdadeira tendência. Ora, em um mercado tão competitivo, em que os empregadores se digladiam em busca de talentos, o processo torna-se um diferencial para atrair e reter os profissionais mais qualificados. 

Por isso, este conteúdo aborda as principais etapas da certificação Top Employers e sua importância para as organizações. Ao final, você entenderá por que o investimento pode ser uma marca na sua empresa. Não deixe de conferir!

Saiba como a gestão de pessoas ajuda a atrair e reter talentos nas empresas

A capacidade de atrair e reter talentos é um dos passos necessários para vencer a concorrência e ocupar cada vez mais espaço no mercado. Isso porque o fator humano é o principal diferenciador na competitividade das empresas. Dificilmente, uma organização crescerá sem profissionais qualificados, não é mesmo?

Nesse sentido, os gestores precisam entender a importância de motivar e engajar pessoas para que haja o máximo de rendimento em relação ao potencial. A partir de então, os processos de RH devem ser estruturados para transformar o negócio em um ambiente propício para o nascimento e crescimento de profissionais de alta performance.

Entretanto, alcançar um novo patamar não é uma tarefa tão simples. As empresas precisam acumular conhecimento e experiência em gestão de pessoas, especialmente sobre o que funciona e o que não funciona nas práticas internas. A seguir, entenda o papel da certificação nesse processo.

Conheça a certificação Top Employers 

Certificação é um processo de reconhecimento e validação de práticas por terceiros. Trata-se de uma avaliação qualitativa de todas as práticas e políticas implementadas na organização, confrontando-se tais resultados com as referências globais e permitindo a compreensão do grau de aderência a esses padrões de desempenho.

Ao fazer um inventário, a auditoria fornece o caminho para melhorias de desempenho e propõe soluções para tornar a organização mais competitiva. Isso é feito com o auxílio de indicadores objetivos, como o score: nota de 0 a 100 representativa do nível de adesão das empresas às melhores referências do mercado.

Não por acaso, os participantes avançam em relação aos KPIs, como turnover, retorno do investimento em treinamentos, clima organizacional e absenteísmo, o que refletirá em melhorias dos resultados finais, por exemplo, o aumento da receita e a valorização das ações da organização.

De fato, ao trabalharem processos de recursos humanos de uma forma bem estruturada, os profissionais logo perceberão que seus colegas não estão mais saindo do negócio. A partir de então, nasce um ciclo: as pessoas ficam mais satisfeitas e motivadas. O parceiro será uma referência, diminuindo a possibilidade de turnover.

Posteriormente, aparecem mais pessoas interessadas em vagas abertas, a satisfação dos clientes começa a melhorar e a retenção do conhecimento é maior. O que culmina no reinício do circuito, com pessoas ficando mais tempo e coletando mais experiência.

Sendo assim, a certificação é uma espécie de marco ou gatilho de uma série de mudanças positivas e constantes nas organizações. Os profissionais de RH saberão os pontos fortes e fracos, bem como o que precisa ser priorizado para melhorar o desempenho dos processos. Logo, tomarão decisões mais efetivas.

Entenda como funciona a certificação

A certificação Top Employers se desenvolve em etapas, nas quais são estabelecidas ações para capturar e validar informações sobre as práticas internas. Ao final delas, a empresa terá um quadro geral sobre os impactos das ações de RH no negócio como um todo e, caso atinja os patamares exigidos, terá suas competências reconhecidas.

Pré-análise

Busca constatar o grau de aderência aos padrões de qualidade antes mesmo de se iniciar o processo de auditoria. Por meio de entrevistas, os especialistas avaliam 35 das 60 boas práticas do programa de certificação, colhendo a percepção dos profissionais sobre as forças e fraquezas da empresa.

Com efeito, antes mesmo de participar da Top Employers, a organização já sabe qual é a real perspectiva de se certificar. Isso ocorre por meio da apresentação da classificação quanto à probabilidade de sucesso, em baixa, média ou alta.

Levantamento das informações

A segunda etapa consiste no aprofundamento da base de conhecimento. Para tanto, em um primeiro momento, a empresa preenche o material de coleta, que é um questionário online com as 60 boas práticas da certificação. Posteriormente, os auditores visitam a organização para coletar as evidências sobre a implementação dessas práticas.

Não basta, portanto, que a organização afirme que tem uma prática, as alegações devem ser comprovadas por documentos internos e validação dos auditores.

Auditoria

A terceira e última etapa é a auditoria realizada por uma empresa independente, ou seja, sem relações com a Top Employers. Essa avaliação visa a garantir que a coleta de informações foi realizada dentro de critérios globais, bem como a revisar a pré-análise.

A certificação completa ocorre em um ciclo de 3 anos. Isso porque, a partir do primeiro, constrói-se uma base de informações sobre a organização, que será utilizada para acompanhar sua evolução. Por exemplo, se a nota na certificação aumenta em 25 pontos de um ano para o outro, verifica-se que o programa foi responsável por melhorar a competitividade da empresa.

O objetivo, nesse caso, é justificar o investimento em termos de competitividade. Os gestores terão condições de avaliar se a destinação de recursos foi positiva e compatível, diante da apresentação de resultados imediatos.

Saiba mais sobre a certificação Top Employers 

O principal diferencial da Top Employers é a validação dos métodos de coleta de informações por uma empresa externa. A auditoria atua para garantir que os critérios sejam os mesmos utilizados nos mais de 115 países que participam dessas boas práticas e evita que o viés cultural desvie as respostas do participante.

Resumidamente, em todo o processo, haverá um rigor que assegura a consistência dos dados. Quem participa do processo de certificação precisa dar as mesmas respostas e práticas que as melhores empresas espalhadas pelo mundo, recebendo indicações objetivas de suas forças e fraquezas.

Sendo assim, a certificação Top Employers não produz avanços apenas em termos de competitividade, mas também a melhoria em outros aspectos do negócio, como distribuição de recursos e tomada de decisões, com base no diagnóstico obtido durante o processo. Tudo isso impulsiona os resultados finais e justifica o investimento.

Para colher esses benefícios, entre em contato conosco e inicie seu processo de certificação imediatamente!

Assine nossa Newsletter!

Gostou deste conteúdo? Aproveite os ícones abaixo e compartilhe na suas redes sociais

Sobre o autor

Top Employers

Top Employers

Deixar comentário.

Share This