Afinal, o que é offboarding?
Recursos Humanos

Afinal, o que é offboarding?

Top Employers
Escrito por Top Employers

Como você estrutura o processo de desligamento dos seus funcionários? Existe alguma metodologia e planejamento nesse aspecto? Você sabe qual é a importância de um desmembramento adequado para o negócio e para os colaboradores?

O offboarding é o nome dado para o processo de desligamento de um colaborador, independentemente dos motivos que o levaram a essa ação. Entenda, portanto, neste artigo, o que é e qual a importância dessa metodologia e algumas dicas para implementá-la na sua empresa. Confira!

O que é o processo de offboarding?

Quando você admite um novo funcionário na empresa, existem alguns processos que garantem a correta documentação e socialização do novo colaborador. Porém, quando se trata do desligamento, esse tipo de planejamento e estruturação de processos também é importante, apesar de nem sempre ser valorizado nas organizações.

E é aí que entra o offboarding, que pode envolver várias etapas, como a regulamentação da situação do colaborador, a devolução de materiais, esclarecimento sobre direitos e, inclusive, entrevista de desligamento. Tudo isso traz uma série de benefícios para o seu negócio.

Por que implementar o offboarding na empresa?

Existem vários motivos para implementar um processo estruturado de desligamento dos colaboradores. Descubra agora alguns deles.

Evita possíveis atritos

O processo de desligamento de um colaborador pode ser um momento delicado, tanto para ele quanto para a empresa. Por isso, a ocorrência de alguns atritos é muito comum, uma vez que há uma série de questões emocionais envolvidas.

Ao implementar o processo de offboarding, você reduz a probabilidade de conflitos com o colaborador desligado. Isso porque esse é o momento de esclarecimentos sobre os motivos que o levaram ao desligamento — tanto quando ele é devido a uma necessidade da empresa quanto à vontade do colaborador.

Além disso, você também pode aproveitar esse momento para criar uma relação positiva com esse profissional, dando e recebendo feedbacks sobre o trabalho dentro da empresa.

Permite a aquisição de informações importantes

O processo de offboarding bem estruturado permite que você adquira informações importantes para a melhoria do ambiente e clima da empresa. Isso porque, quando ele envolve uma entrevista de desligamento, você pode coletar informações sobre os pontos positivos e negativos do trabalho dentro da organização e quais são as melhorias que você poderia implementar.

Com esses dados em mãos, você é capaz de criar planos de ação que trabalhem os pontos levantados de forma a melhorar o ambiente de trabalho da organização e, inclusive, evitar mais desligamentos de talentos do time.

Regulamenta a situação do colaborador desligado

Assim como na contratação de um novo colaborador, o desligamento também envolve uma série de processos burocráticos. É preciso realizar acertos financeiros com o colaborador, retirá-lo dos dados do time da empresa e regulamentar a situação legal e contábil do negócio.

Com um offborading estruturado, você é capaz de realizar todas essas ações em um mesmo momento, evitando o esquecimento de qualquer etapa. Dessa forma, você regulamenta a situação do negócio como um todo e evita a necessidade de entrar em contato com o colaborador novamente para solicitar documentos e assinaturas.

Melhora a sua reputação como marca empregadora

Para atrair sempre os melhores talentos para a sua empresa, é essencial que você cuide da sua marca empregadora, e o processo de desligamento pode ser um de seus grandes aliados nesse aspecto.

O offboarding permite que os seus colaboradores, mesmo quando desligados, tenham uma relação positiva com a organização. Dessa forma, você é capaz de cuidar da reputação da sua empresa perante o mercado de trabalho, evitando criar detratores.

Como estruturar o seu offboarding?

Agora que você já sabe o quão importante é o offboarding para o seu colaborador e a empresa, descubra algumas dicas para estruturar esse processo no seu negócio!

Estabeleça os procedimentos formais

O primeiro passo para criar um offboarding de qualidade é criar os processos formais que direcionarão a sua equipe durante o desligamento. Ou seja, é preciso mapear todo o processo, detalhando cada uma das etapas e todos os resultados que precisam vir delas.

Portanto, crie essa estrutura e capacite a sua equipe para aplicá-la. Além disso, defina alguns responsáveis pelo processo e lembre-se de sempre verificar que todos os passos estão sendo seguidos durante o offboarding.

Deixe as informações claras

Durante todo o processo de desligamento, é essencial que você deixe todas as informações claras para o colaborador. Explique as motivações para o desligamento — caso ele tenha partido da empresa — e os direitos que ele tem em relação ao processo. Explique também as etapas do offboarding e o objetivo de cada uma delas.

Saiba como conduzir uma entrevista de desligamento

A entrevista de desligamento é uma das etapas mais importantes do offboarding. Afinal, é nela que você levanta as principais informações sobre as impressões do colaborador em relação ao trabalho na empresa, possibilitando melhorias futuras.

Portanto, entenda bem o que é e qual o objetivo da entrevista de desligamento e saiba como conduzi-la de maneira adequada. Certifique-se também de que toda a sua equipe esteja capacitada para realizar esse processo da melhor maneira possível.

Tenha empatia com as respostas emocionais

O processo de desligamento envolve uma série de respostas emocionais, tanto na equipe quanto nos colaboradores que estão deixando a empresa. Portanto, é essencial que você tenha empatia em relação a essa situação e saiba lidar com as emoções de maneira eficiente, evitando que elas comprometam a qualidade do offboarding.

Comunique os gestores do processo

Lembre-se de comunicar aos gestores, assim como aos colaboradores, sobre a existência do processo de offboarding. Dessa forma, você evita que eles tomem atitudes inadequadas na hora de desligar um membro da equipe, comprometendo os resultados do seu processo.

O processo de offboarding nem sempre é valorizado. Porém, é ele que direciona as boas práticas que devem ser adotadas no momento de desligamento de colaboradores. Sendo assim, comece agora mesmo a estruturá-lo na sua empresa e aproveite todos os benefícios que ele pode gerar para o negócio.

Aproveite e assine agora mesmo a nossa newsletter. Assim você receberá todas as atualizações do nosso blog diretamente na caixa de entrada do seu e-mail.

Assine nossa Newsletter!

Gostou deste conteúdo? Aproveite os ícones abaixo e compartilhe na suas redes sociais

Sobre o autor

Top Employers

Top Employers

Deixar comentário.

Share This