5 métodos para realizar a avaliação de funcionários da sua empresa!
Recursos Humanos

5 métodos para realizar a avaliação de funcionários da sua empresa!

Top Employers
Escrito por Top Employers

Os trabalhadores compõem o principal ativo de uma empresa. Apenas com colaboradores engajados, motivados e bem-treinados é possível alcançar bons resultados. Para entender como está o desempenho de cada um e propor melhorias, muitas organizações praticam a avaliação de funcionários.

Trata-se de uma ferramenta extremamente eficiente e que traz à tona todas as habilidades dos profissionais, ajudando a montar equipes estratégicas e desenvolver competências, levando à estruturação de equipes de alta performance.

Neste post, daremos um panorama completo sobre essas avaliações, as razões de serem tão importantes e seus principais modelos. Acompanhe!

O que é avaliação de funcionários?

A avaliação de funcionários, também conhecida como avaliação de desempenho ou avaliação de performance, é uma prática usada pelas empresas para acompanhar o desenvolvimento individual e, consequentemente, da equipe.

Por meio dessa avaliação, é possível detectar os pontos fortes dos funcionários e também aqueles aspectos em que eles não se saem tão bem. Assim, é possível dar feedbacks e propor melhorias para que consigas tornar-se profissionais mais completos e oferecer resultados mais interessantes.

Trata-se de uma ferramenta cada vez mais usada nas empresas, tanto as de pequeno quanto as de grande porte. É muito útil para a gestão de pessoas e ajuda a alinhar as ações internas em direção às metas da empresa.

Qual a importância dessa prática?

A avaliação de funcionários é um excelente instrumento para a gestão de RH estratégica, já que a empresa consegue identificar exatamente quais talentos têm em mãos e investir na construção de uma equipe cada vez melhor, sem precisar buscar novas contratações.

Além disso, essa ferramenta permite analisar como está a motivação dos profissionais. Em cima dessas informações, os gestores podem traçar alguns planos para evitar o turnover, como realocar os profissionais para aproveitar algumas habilidades que estão sendo subaproveitadas em sua função atual.

Os gestores também conseguem ter uma visão muito mais completa do desempenho de cada um e propor treinamentos que possam suprir os aspectos mais falhos. Esse ponto traz duas vantagens importantes: o desenvolvimento individual e da equipe, como já citamos anteriormente, e o aumento do engajamento e da retenção. Quando os profissionais percebem que a empresa acredita e investe neles, tendem a trabalhar com muito mais dedicação e colaborar por mais tempo.

Realizar avaliações de funcionários acaba sendo um excelente investimento corporativo, já que se reduzem gastos com demissões, novas contratações e ainda aumenta o valor da marca empregadora, ao se tornar um local que estimula o crescimento de cada um.

Quais são os principais métodos de avaliação de funcionários?

Elencamos os métodos de avaliação mais conhecidos e praticados pelas empresas. Conheça os principais!

1. Coaching assessment

coaching assessment é fundamentado no teste psicológico DISC. Dentro desse modelo, é possível obter um relatório completo e detalhado de cada funcionário, com o perfil comportamental, além das habilidades técnicas. O método também revela os pontos fortes e as características que podem ser melhoradas.

2. Avaliação de desempenho 360°

avaliação de desempenho 360° é o método mais completo de analisar um funcionário. Ele leva em consideração as impressões do gestor e dos colegas, dando um panorama completo do comportamento e dos resultados do profissional. Para garantir que haja sinceridade nas respostas, é importante garantir o anonimato das pessoas que estão avaliando o indivíduo.

Trata-se de um processo muito rico, que abre amplas oportunidades de desenvolvimento e mensura o funcionário em diversos ambientes. Afinal, muitas vezes, entre os colegas, ele tem um comportamento diferente (para melhor ou pior) que o diante do chefe.

Porém, trata-se de um método que requer muita maturidade profissional, tanto na hora de avaliar da maneira mais imparcial possível como na sabedoria em receber críticas.

3. Avaliação do supervisor imediato ou avaliação 180°

Método muito comum e simples, a avaliação do supervisor imediato (como o próprio nome sugere) é feita pelo chefe do funcionário. Para que funcione, exige coerência e uniformidade na hora de fazer a avaliação, aplicando os mesmos critérios para todos na equipe.

A principal dificuldade é evitar que pré-julgamentos (muitas vezes inconscientes) ou favoritismos influenciem a análise. O fator pessoal pode ter bastante peso e deve ser evitado o máximo possível.

4. Autoavaliação

Esse método de avaliação é bem-interessante porque leva em consideração não só a opinião dos outros, mas também as considerações do próprio funcionário avaliado. Geralmente, é realizado em duas etapas: o profissional reflete sobre o próprio desempenho e, na segunda fase, discute com o seu superior sobre essas impressões.

A autoavaliação propõe um exame cuidadoso em relação às próprias atitudes e permite que as falhas sejam percebidas e analisadas pelo próprio empregado.

5. Avaliação por competências

A avaliação por competências tem foco nas habilidades dos funcionários. É geralmente dividida em dois grupos:

  • competências comportamentais — ligadas à atitude do funcionário. Como exemplos, podemos citar: proatividade, trabalho em equipe, saber trabalhar sob pressão, comprometimento etc.
  • competências técnicas — estão ligadas à atividade exercida e, por isso, variam de um cargo para outro. Pode ser uma técnica, experiência específica, saber mexer com determinado software, conhecimento teórico, entre outros.

Como principal vantagem, esse tipo de avaliação tem uma abordagem muito mais direta e pode ser feita de maneira precisa e mais fácil de mensurar.

Como realizar uma boa avaliação?

A avaliação de funcionários depende de alguns pontos para que seja feita com qualidade. Podemos destacar os aspectos relacionados a seguir.

Feedback

Um dos pontos principais da avaliação de desempenho, o feedback deve ser uma conversa tranquila e aberta sobre os resultados compilados, sempre com o objetivo de oferecer estratégias para melhoria. Sob nenhuma hipótese essa oportunidade deve ser usada para pressionar ou constranger o funcionário.

Imparcialidade

Os avaliadores devem sempre ter uma postura neutra e fazer a avaliação de maneira honesta e sincera, sem se deixar contaminar por opiniões objetivas. Deve ser avaliado o desempenho do profissional, independentemente do grau de proximidade.

Acompanhamento

O profissional deve ter acesso aos resultados da sua avaliação e às orientações necessárias para que consiga aprimorar o seu desempenho, colocando em prática as ações indicadas. Também é importante acompanhar os progressos e checar como foi o desenvolvimento entre uma avaliação e outra.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a avaliação de funcionários e seus modelos, pode começar a pensar em qual é o mais adequado para a sua empresa e implementá-lo. Certamente, isso trará resultados muito positivos e estruturará o crescimento do seu negócio.

Outro ponto importante desse crescimento é a qualidade do ambiente laboral. Você já pensou sobre isso? Confira, então, o artigo sobre saúde mental no trabalho.

 

Sobre o autor

Top Employers

Top Employers

Deixar comentário.

Share This