5 maneiras de utilizar inteligência artificial no RH
Recursos Humanos

5 maneiras de utilizar inteligência artificial no RH

Top Employers
Escrito por Top Employers

Enquanto a gestão de pessoas é valorizada pelas empresas, a inteligência artificial em RH se torna fundamental para as ações estratégicas da organização. No entanto, os profissionais da área de RH ainda veem grande parte de sua rotina ser ocupada por atividades burocráticas.

Otimizar o fluxo de trabalho e tornar processos mais eficientes e ágeis são metas cada vez mais próximas e realistas para os gestores de RH com a automatização de tarefas. Com uso de recursos tecnológicos, as empresas ganham em eficiência e velocidade, assim como na economia de recursos e de tempo. Confira como a automatização está ajudando os profissionais de RH!

Conheça 5 formas de inteligência artificial no RH

A inteligência artificial dispõe de uma série de atributos que a qualifica de forma diferente dos processos tradicionais de RH. Existe uma gama variada de aspectos e vantagens, mas vamos nos concentrar apenas nos principais:

1. Utilização de chatbots

A aplicação de chatbots resume-se na automatização do atendimento de candidatos, clientes e colaboradores. Isso retrata que os bots podem substituir bem os humanos no momento de responder questões sobre processos seletivos, por exemplo.

Essas respostas seriam entregues de modo objetivo e personalizado ao aspirante, sem ocultar a relação interpessoal e a boa instrução, como por exemplo, respondendo à demanda e capacidade do colaborador e permitindo que os funcionários da área otimizem seu tempo, a fim de contribuir para que outras funções mais relevantes possam ser exercidas.

2. Automatização das tarefas burocráticas

Processos burocráticos criam empecilhos para o fluxo de trabalho e tomam um tempo que poderia ser destinado a atividades estratégicas para o crescimento da empresa.

Assim, a automatização de tarefas permite que o setor de RH seja mais eficiente em suas ações e possa adotar uma postura mais certeira ao alinhar a gestão de pessoas com os objetivos corporativos.

3. Análise de dados para tomar decisões

As formas de se analisar dados se transformaram e, atualmente, é mais fácil construir os perfis dos fornecedores, público-alvo e até mesmo funcionários. Em geral, as decisões tomadas com base em dados estão divididas em 3 categorias:

  • estratégica: é o planejamento delineado pela diretoria, presidência e acionistas de uma organização;

  • tática: as soluções táticas são combinadas pela coordenação e gerência da empresa, sendo fragmentada por unidades;

  • operacional: as decisões operacionais se dirigem à aplicação da estratégia e planejamentos definidos pela gerência e diretoria.

Segurança de informações era um ponto de muita preocupação para os gestores de RH. Enquanto dados sobre o pagamento de pessoal e demais despesas ficavam sob ameaça de serem furtados ou danificados, esse risco reduziu depois que o armazenamento de informações passou a não depender mais de papéis com a implantação da inteligência artificial.

4. Necessidade de registros

Outro ponto favorável para a automatização de tarefas é percebido na manutenção dos registros de colaboradores. Além de não haver mais a necessidade de recorrer a grandes espaços físicos para o armazenamento dessa documentação, a consulta e a atualização dessas informações se tornam mais ágeis.

A automatização de tarefas permite que os gestores de RH acessem documentos a qualquer momento e em qualquer lugar. Assim, o fluxo de trabalho ganha rapidez e eficiência. O tempo que anteriormente era gasto com busca por informações, passa a ser destinado a atividades estratégicas do setor.

5. Contratação e desligamento de colaboradores

Ao manter toda a documentação em papel, as empresas ficam sujeitas à perda de prazos previstos na Consolidação das Leis de Trabalho (CLT) e correm o risco de multas e processos trabalhistas.

Ao recorrer à automatização de tarefas, o setor de RH adota um controle mais rigoroso desses processos e minimiza a possibilidade de transtornos com a legislação trabalhista. Para evitar multas e fazer com que prazos sejam cumpridos à risca, estes sistemas possibilitam ativar lembretes, por exemplo.

A inteligência artificial no RH é capaz de facilitar e aproximar relacionamentos, em particular, em empresas de médio e grande porte. Porém, sem fiscalização, ela pode se desorganizar e se tornar obsoleta nesses relacionamentos. 

Gostou do post? Então aproveite e siga a gente no FacebookLinkedin e Instagram para continuar por dentro de todas as outras atualizações e não perder nenhum conteúdo!

Assine nossa Newsletter!

Gostou deste conteúdo? Aproveite os ícones abaixo e compartilhe na suas redes sociais

Sobre o autor

Top Employers

Top Employers

Deixar comentário.

Share This