5 estratégias para oferecer uma gestão de carreira eficiente
Gestão de Pessoas

5 estratégias para oferecer uma gestão de carreira eficiente

Top Employers
Escrito por Top Employers

Gestão de carreira é o conjunto de estratégias que visa o desenvolvimento e a ascensão profissional dos colaboradores de uma empresa. Trata-se de um instrumento de extrema importância para manter os funcionários motivados e engajados com os objetivos da organização. Sendo assim, é uma das formas mais efetivas de valorizar a equipe e melhorar o clima organizacional.

Segundo a pesquisa de mercado Top Employers Institute, 92% das empresas da América Latina adotam práticas de gestão de carreira entre seus funcionários. No Brasil, o número também é alto: 90%. Para sua empresa não ficar de fora, separamos 5 dicas imperdíveis para desenvolver os talentos dos seus colaboradores. Continue a leitura e saiba mais!

1. Seja transparente na comunicação com os funcionários

Para fazer a gestão de carreira com eficiência, é fundamental que haja transparência na comunicação com a equipe. Isso evita que os colaboradores criem expectativas fora da realidade e deixa todos plenamente cientes do que podem esperar em termos de desenvolvimento profissional dentro da sua organização.

Um método interessante é o feedback 360 graus, no qual o colaborador é avaliado por pares, líderes e subordinados. Na América Latina, essa ferramenta é usada por 71% das empresas, e a tendência é que esse número cresça ainda mais. Junto com as avaliações, mostre ao funcionário qual é o plano traçado para ele dentro da empresa e quais resultados ele precisará entregar para avançar para os próximos estágios.

2. Acompanhe o desempenho da equipe

Acompanhar minuciosamente o desempenho de cada colaborador é uma etapa fundamental da gestão de carreira. Para isso, é preciso ter indicadores que possam medir os resultados de cada profissional. Tanto líderes quanto subordinados devem ter total acesso a essas métricas para que a equipe esteja consciente de seus objetivos e saiba o que deve fazer para atingi-los.

Na América Latina, 90% das grandes empresas têm indicadores preestabelecidos para a avaliação dos seus funcionários. Aqui no Brasil esse índice chega a 97%, segundo o estudo Top Employers Institute.

3. Estabeleça planos de carreira padronizados

Estabelecer planos de carreira padronizados é a forma mais eficiente de fazer com que os funcionários entendam onde podem chegar dentro da organização. Um dos modelos mais comuns é a carreira em Y, na qual o profissional começa em cargos mais baixos e cumpre etapas de crescimento até poder optar por duas vertentes: a carreira de especialista técnico ou a de gestor.

No cenário atual, um novo método vem ganhando popularidade: a carreira em W. Nesse modelo, além do crescimento gerencial e técnico, o funcionário conta ainda com uma terceira opção: a carreira de gestor de projetos. É uma alternativa interessante para quem almeja posições de liderança, mas não quer abrir mão de tarefas mais específicas.

Para avaliar qual tipo de crescimento é mais adequado para o colaborador, a organização pode aplicar o job rotation. Nesse sistema, o funcionário passa por diversas áreas e experimenta várias atividades. No Brasil, 74% das grandes empresas utilizam essa ferramenta.

4. Incentive o aprendizado e a qualidade de vida

Desenvolver as competências dos colaboradores é primordial. Analise o desempenho das equipes e avalie quais características dos funcionários precisam ser desenvolvidas. Com esses dados em mãos, desenvolva cursos, treinamentos e outras atividades que possam suprir essas necessidades.

Incentivar a qualidade de vida é igualmente importante. Além de priorizar o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, a empresa deve, na medida do possível, adotar programas que cuidem da saúde física e mental de seus colaboradores.

5. Redobre os cuidados no processo de seleção

A gestão de carreira começa já no primeiro contato com o funcionário. Por isso, é importante fazer uma boa apresentação dos programas de desenvolvimento de talentos já na entrevista de emprego, para deixar o candidato ciente de que sua carreira será bem cuidada dentro da organização. É essencial manter a credibilidade da empresa entre os futuros colabradores por meio de boas práticas reconhecidas no mercado e adotando certificações confiáveis para RH.

Agora que você já conhece as principais estratégias de gestão de carreira, é hora de colocar as lições em prática. Revise este post, faça uma checklist e mãos à obra!

Se você gostou das dicas, assine a nossa newsletter e tenha acesso a outros conteúdos sobre excelência em gestão de pessoas!

Assine nossa Newsletter!

Gostou deste conteúdo? Aproveite os ícones abaixo e compartilhe na suas redes sociais

Sobre o autor

Top Employers

Top Employers

Deixar comentário.

Share This